top of page

Tragédia em Petrópolis: animais resgatados são acolhidos em lares temporários

Atualizado: 21 de fev. de 2022

Cerca de 30 animais já foram resgatados em meio à tragédia em Petrópolis e encaminhados a lares temporários. Protetores e organizações de bem-estar animal estão nas ruas fazendo os resgates e precisam de doações de ração.


Para ajudar os animais desamparados em Petrópolis, faça contado pelo telefone (24) 2291-1505 ou pelo WhatsApp do protetor Domingos Galante - (24) 98845-2440. (Foto: Carl de Souza / AFP)

Protetores de animais, ONGs e instituições, além da Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Prefeitura de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, estão percorrendo as ruas da cidade para fazer o resgate de animais desamparados em decorrência da tragédia que assola o município, que já vitimou ao menos 67 pessoas, devido às inundações e deslizamentos de terra.


Até o momento, cerca de 30 bichos, entre cães, gatos e até capivaras, foram recolhidos e enviados para lares temporários. O trabalho agora é para identificar os tutores. Alguns já foram localizados mas a maioria ainda não. As equipes não encontraram animais de grande porte em sofrimento.


Segundo o protetor e vereador Domingos Galante, apesar de conseguirem equacionar alguns casos, os protetores de animais enfrentam grandes desafios neste momento. “O grande problema que a gente encontra é um local para colocar esses animais, a Prefeitura não tem abrigo, não tem nada. A gente tenta os lares temporários”, explicou o protetor.



Os voluntários da entidade filantrópica 'Dog's Heaven', que tem sede em Itaipava, Distrito Petrópolis, orientam a população sobre como proceder ao encontrar um animal desamparado. “Quando encontrarem algum cachorro, dar comida, água e acalmar o animal. Estamos começando uma campanha para arrecadar ração”, explicou Márcia Coelho, voluntária da Entidade.


O publicitário Carlos Menezes conseguiu resgatar os dois cachorros da sua família, Pitoco e Ziron, que estavam desaparecidos por conta da tragédia. Ele também procura o irmão e a avó que estão desaparecidos. (Fotos: Divulgação / UOL)

O trabalho dos protetores continuou nesta quarta-feira (16). Segundo eles, a localidade mais crítica para resgates é no bairro Alto da Serra, que ainda tem muita lama e ação do resgates de corpo humanos.


Quem quiser ajudar, pode fazer as doações de ração para os cães e gatos resgatados, entrando em contato com a Coordenadoria de Bem-Estar Animal pelo telefone (24) 2291-1505 ou pelo WhatsApp do protetor Domingos Galante, que é o (24) 98845-2440.


A reportagem buscou informações com a Prefeitura de Petrópolis sobre a questão do município não dispor de abrigo para os animais, mas não obteve retorno.




 

Campanha de arrecadação de ração para os cães e gatos da Apipa


Faça um gesto de amor pelos animais da Apipa


CONTA BANCÁRIA DA APIPA PARA DOAÇÕES CNPJ: 10.216.609/0001-56


Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8 Chave Pix: apipa.bbrasil@gmail.com









Ajude a Apipa - situação de emergência












Produtos APIPA® - Promoção Especial


PROMOÇÃO INCRÍVEL - CAMISAS POR R$ 45


Cadelinha Érica quer ser adotada - ajude realizar a castração.







Solidarize-se com os animais da APIPA

Solidarize-se com os cães e gatos carentes assistidos pela APIPA. O nosso centro de acolhimento está sempre superlotado, operando com o dobro de sua capacidade, sendo necessário que se faça coletas diárias de doações de ração, material de limpeza, medicamentos veterinários e jornais. Um dia de consumo de ração no abrigo equivale a 25 kg para os cães adultos e entre 12 e 15 kg para os gatos, sem contar os filhotes. Para fazer a higienização do abrigo, usamos diariamente 5 litros de desinfetante e 5 litros de detergente, além de muito saco de lixo, esponjas, vassouras e rodos. O amigo interessado em ajudar pode entregar os donativos diretamente na sede da Entidade, ou ainda, se preferir, fazer as doações em dinheiro por meio de depósitos bancários (contas abaixo). A protetora Isabel Moura, que é uma das fundadoras e membro da atual diretoria executiva da APIPA, fala um pouco sobre a importância da adoção de animais carentes e o trabalho que a Entidade desenvolve na reabilitação de cães e gatos resgatados em situação de maus-tratos e abandono (vídeo).


Devido à pandemia, as visitas ao abrigo da APIPA sofreram algumas restrições, sendo agora necessário que o visitante faça prévio agendamento por meio do Instagram.

Como ajudar a APIPA

Existem diversas formas com as quais o amigo pode participar para contribuir com o trabalho assistencial da APIPA. Um modo bem simples e rápido de ajudar é fazer as doações em dinheiro por meio de transferência/depósito bancário (contas abaixo). O amigo também pode fazer doações (online) por meio do PagSeguro. Lembrando que a nossa associação sobrevive unicamente de doações. Não deixe de oferecer a sua solidariedade em prol do bem-estar dos nossos bichinhos carentes. Ajude-nos! Ajude! APIPA pede que as doações continuem durante pandemia Pandemia: APIPA sofre com redução de 70% nas DOAÇÕES ao abrigo Faça a sua doação de ração para cães e gatos: Ajude! Falta ração para alimentar mais de 300 animais famintos CONTAS BANCÁRIAS DA APIPA (doações) CNPJ: 10.216.609/0001-56

  • Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8 Pix: apipa.bbrasil@gmail.com

  • Caixa Econômica Federal Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0 Pix: apipa.cef@gmail.com

  • Banco Santander Ag: 4326 / CC: 13000087-4


Com informações da Inter TV

コメント


bottom of page