• Apipa

Abandono de animais aumenta e APIPA pede ajuda em Teresina

Nesta época, com aumento do abandono dos pets, entidades e protetores sofrem para conseguir dar conta da demanda resultante das ações criminosas de tutores perversos, que, sem piedade, largam os bichinhos na rua, assim se livrando da responsabilidade de cuidar.

A sua ajuda agora é muito importante. Além das dívidas, são cerca de 300 cães e gatos à espera de adoção e de ajuda no abrigo da APIPA. (Imagens: TV Clube)

Com as férias e festas de fim de ano, muitos animais domésticos acabam largados à própria sorte, vitimados pela maldade de humanos cruéis. Os crimes de abandono, que têm aumento expressivo nesta época, sempre resultam em mais despesas para as entidades e protetores que prestam assistência aos animais, pois são forçados a enfrentar esta realidade caótica contraindo dívidas, porquanto os resgates e cuidados com os animais maltratados sempre envolvem custos elevados.


Assista ao vídeo / TV Clube


Em Teresina, como no resto do país, pessoas perversas encontram no abandono uma solução mais fácil para se livrar do seu dever moral de cuidar do pet, passando a responsabilidade para entidades de proteção animal, que, via de regra, resgatam e abrigam os bichos abandonados, arcando com todos os custos de acolhimento e tratamento do animal, ainda tendo que cuidar dele durante o resto de sua vida, no caso deste ser velho ou doente.


Abandono de animais é uma prática tipificada como crime de maus-tratos, previsto na Lei de Crimes Ambientais. Mas isto não serve para inibir as nefastas ações criminosas que resultam no sofrimentos dos indefesos bichinhos que são vítimas deste ato bárbaro e cruel.


De acordo com Isabel Moura, tesoureira da APIPA (Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais), existem muitas opções para o tutor evitar a prática dos atos perversos de abandono dos animais de estimação. “Você pode pedir a um parente que vá até a casa e cuide do animal, colocando comida e trocando a água suja por uma limpa. Se não houver parentes próximos, existem profissionais no mercado que são especializados em ir até a residência para alimentar e medicar o animalzinho, caso ele esteja fazendo uso de medicação”, explicou a protetora.


A APIPA precisa da sua ajuda


A população de animais domésticos em Teresina é de 149 mil cachorros e gatos, somando-se os domiciliados, semidomiciliados ou em situação de abandono. Conforme relata Isabel, a APIPA atualmente abriga cerca de 300 animais (cães e gatos) e a dívida acumulada em clínica veterinária já ultrapassa os R$ 90 mil. “A gente lançou uma vaquinha em que a pessoa contribui com o valor mínimo de R$ 15 para que a gente consiga chegar à quantia e realizar o pagamento dessa dívida com a clínica veterinária, ao fim dessa campanha, pois não tem mais o que fazer”, lamenta.


Veja como participar da Vaquinha Virtual


AJUDE os animais carentes do abrigo da APIPA


Abandono: realidade cruel para os animais em dezembro e janeiro


Vai viajar? Jamais deixe seu pet sozinho


Para ADOTAR um amiguinho em Teresina, PI, conheça o abrigo de animais carentes da APIPA.


Com informações da TV Clube

APIPA® - ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PROTEÇÃO E AMOR AOS ANIMAIS

CNPJ: 10.216.609/0001-56

BANCO DO BRASIL
Ag: 3507-6 / CC: 57615-8

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0

BANCO SANTANDER
Ag: 4326 / CC: 13000087-4

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

contato.apipa@gmail.com

Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai (6 quadras após a UNINOVAFAPI)

Teresina, PI - CEP 64073-167

COPYRIGHT © 2018

Site criado pela Pix Marketing Digital

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon