top of page

Abandono: realidade cruel para os animais em dezembro e janeiro

Atualizado: 20 de dez. de 2020

Por trás das comemorações de Natal e Réveillon e dos planos de férias em família, existe uma realidade cruel para os animais de estimação. Muitos são abandonados à própria sorte pelos seus amados tutores.

Não seja perverso. Não abandone seu indefeso animal à própria sorte! (Foto: Vila do Pet)

Ano após ano, por ocasião das férias e festas, as histórias de horror envolvendo abandono de pets se repetem. Apesar destas festividades natalinas e Réveillon serem alusivas a confraternização, paz, amor e religião, o que se observa é um gradativo aumento das ações criminosas que resultam em abandono de cães e gatos, justamente neste período do ano. Segundo estimativas de entidades que atuam na proteção de animais, o aumento dos abandonos nesta época chega a ser de 60%.


Assista ao vídeo / R7


As justificativas proferidas pelos praticantes destes nefastos atos de crueldade são as mais variadas. “Quero viajar em paz”, “o animal envelheceu”, “o bicho lembra o ex”, entre outras desculpas descabidas. São situações em que muitos se recusam a incluir o pet nas festas e viagens planejadas e procuram uma saída para se livrar da responsabilidade seguindo um caminho mais fácil através do abandono e maus-tratos.


É importante que se diga, um animal em situação de abandono, além de vivenciar sofrimento inimaginável, pode causar uma série de problemas que afeta a ordem pública, como ocasionar acidentes de trânsito, adoecer e ser o vetor de doenças. Em qualquer caso, os animais vítimas desta barbárie passam a vivenciar angustiante flagelo, marginalizados num submundo caótico onde a morte é sempre um risco iminente.


Assista ao vídeo / TV Clube


Abandonar animais configura crime ambiental e deve ser comunicado à Polícia. Procure a delegacia de polícia mais próxima para fazer a denúncia. A autoridade policial está obrigada a proceder a investigação. Denunciar é um ato de solidadriedade e cidadania.


Para denunciar crimes de abandono em Teresina - PI


Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente

Avenida Raul Lopes, ao lado do Parque Potycabana, Zona Leste de Teresina

Telefone (86) 99449-2387


BPA - Batalhão de Policiamento Ambiental

Av. Duque de Caxias, 3520, Primavera II, Zona Norte de Teresina

Telefones (86) 3225-2748 / 3223-7221 / 3225-2684


Pode-se realizar a denúncia por meio de qualquer delegacia de polícia. Dirija-se ao distrito policial mais próximo e faça a sua denúncia. Os animais agradecem!


Como se pode observar, lamentavelmente, fim de ano é época em que os covardes se divertem com as futilidades da vida, após terem abandonado seus indefesos animais à própria sorte.


NÃO SE OMITA - DENUNCIE A CRUELDADE!


CONTAS BANCÁRIAS DA APIPA (doações)


CNPJ: 10.216.609/0001-56

  • Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8 Chave Pix: apipa.bbrasil@gmail.com

  • Caixa Econômica Federal Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0 Chave Pix: apipa.cef@gmail.com

  • Banco Santander Ag: 4326 / CC: 13000087-4




Participe da Vaquinha Virtual para quitar as dívidas da APIPA.


Para ADOTAR um amiguinho em Teresina, PI, conheça o abrigo de animais carentes da APIPA.

תגובות


bottom of page