• Apipa

Mutilação em série: jumentos e cães são mortos e agredidos a facadas no PI

Animais em situação de vulnerabilidade estão sofrendo mutilação em série no Litoral do Piauí. Desde junho, a Polícia Civil investiga o caso, mas ainda não conseguiu alcançar o psicopata que está praticando tal barbárie contra os Inocentes, que continuam sendo severamente agredidos a facadas.

Alguns animais sobreviventes foram resgatados e estão sendo tratados. Polícia não consegue identificar o psicopata que pratica os crimes. (Foto: Divulgação / TV Clube)

A Polícia Civil investiga uma série de agressões a facadas contra animais de rua em Barra Grande, localidade do município de Cajueiro da Praia, Litoral do Piauí. Fotos enviadas por um grupo independente de protetores de animais de Parnaíba, cidade próxima, apontam mutilações feitas por meio de instrumento cortante nos corpos de vários animais, como jumentos, cães e gatos abandonados. Alguns animais mutilados foram resgatados e socorridos, mas já houve caso até de eutanásia em decorrência da gravidade dos ferimentos. Os crimes já acontecem desde o final de junho, mas a Polícia ainda não identificou o autor da barbárie.


Assista ao vídeo / TV Cidade Verde


Abandono: tragédia que se intensifica durante pandemia no Brasil


Uma representante de um grupo de protetores de animais de Parnaíba, que prefere não se identificar, disse que os casos estão acontecendo por vários pontos do litoral piauiense.


“Esses casos de jumentos estão acontecendo todos em Barra Grande e as meninas [membros do grupo de protetores] estão tentando tratar os que conseguiram sobreviver. Eu consegui alguns medicamentos, mas a situação é preocupante, pois é um vilarejo muito pequeno para ter um número de casos tão grande. Já recebi denuncia de Luís Correia, [praia do Coqueiro], e aqui em Parnaíba recebi informações de um animal que precisaram fazer eutanásia”, informou.


Mulher mata cachorros e assume autoria do crime em Teresina


Segundo o delegado Maikon Kaestner, da Delegacia de Polícia Civil de Luís Correia, a polícia já iniciou o trabalho para tentar identificar algum suspeito de lesionar os animais, mas a ausência de testemunhas dificulta a investigação.


“O procurador do município de Cajueiro da praia me procurou e registrou um BO online relatando justamente isso. O problema é que não existe nenhuma testemunha ocular e ninguém sabe quem está fazendo [as agressões]. É uma investigação muito difícil de fazer sem provas ou alguma filmagem. Dizem que isso está acontecendo, que estão lesionando, e nós vamos apurar na medida do possível”, explicou.


Governo Bolsonaro consegue ser o PIOR para os animais


Denuncie a crueldade. As denúncias podem ser feitas em qualquer delegacia de polícia. Dirija-se ao distrito policial mais próximo e faça a sua denúncia. Os animais agradecem!


Guarda Responsável de Animais: assumindo uma vida


Pandemia: APIPA suspende temporariamente adoções e visitas


Ajude a APIPA quitar dívidas pendentes em clínica veterinária


Como ajudar a APIPA


Existem diversas formas com as quais o amigo pode participar para contribuir com o trabalho assistencial da APIPA. Um modo bem simples e rápido de ajudar é fazer as doações em dinheiro por meio de transferência/depósito bancário (contas abaixo). O amigo também pode fazer doações (online) por meio do PagSeguro. Lembrando que a nossa associação sobrevive unicamente de doações. Não deixe de oferecer a sua solidariedade em prol do bem-estar dos nossos bichinhos carentes. Ajude-nos!


Ajude! APIPA pede que as doações continuem durante pandemia


Pandemia: APIPA sofre com redução de 70% nas DOAÇÕES ao abrigo


Faça a sua doação de ração para cães e gatos:

Ajude! Falta ração para alimentar mais de 300 animais famintos


CONTAS BANCÁRIAS DA APIPA (doações)


CNPJ: 10.216.609/0001-56

  • Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8

  • Caixa Econômica Federal Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0

  • Banco Santander Ag: 4326 / CC: 13000087-4


Abandono de animais aumenta e APIPA pede ajuda em Teresina


AJUDE os animais carentes do abrigo da APIPA


Com informações da TV Clube

APIPA® - ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PROTEÇÃO E AMOR AOS ANIMAIS

CNPJ: 10.216.609/0001-56

BANCO DO BRASIL
Ag: 3507-6 / CC: 57615-8

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0

BANCO SANTANDER
Ag: 4326 / CC: 13000087-4

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

contato.apipa@gmail.com

Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai (6 quadras após a UNINOVAFAPI)

Teresina, PI - CEP 64073-167

COPYRIGHT © 2018

Site criado pela Pix Marketing Digital

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon