top of page

Lei obriga prestação de socorro a animais atropelados no Piauí

Entra em vigor a Lei 7.749/2022, que obriga condutor de veículo que causar acidente em vias públicas a prestar socorro a animais atropelados. A norma jurídica é de autoria da deputada Teresa Britto (PV), e tem validade no âmbito do Estado do Piauí.


Esta é mais uma norma jurídica proposta pela deputada Teresa Britto (PV), que vem ampliar o espectro de medidas legais para a proteção animal. A Lei estabelece multa de 250 Unidades Fiscais de Referência do Estado do Piauí (UFIR-PI), perfazendo o equivalente a R$ 1.020,00 (mil e vinte reais), em valores atuais, para o condutor de veículo que atropelar um animal e não lhe prestar socorro. (Foto: Shutterstock)

O governador Wellington Dias (PT) sancionou, na última sexta-feira (11), a Lei Estadual 7.749/2022, que torna obrigatório ao condutor de veículo que causar acidente atropelando um animal a prestar-lhe socorro ou solicitar imediata assistência às autoridades públicas, sob pena de multa e até de detenção. O dispositivo legal, que já entrou em vigor, é de autoria da deputada estadual Teresa Britto (PV), publicado no Diário Oficial do Estado, na sexta-feira, 11 de março.


“Todo motorista, motociclista e ciclista que atropelar qualquer animal será obrigado a lhe prestar socorro ou solicitar assistência a autoridade pública. Esta Lei abrange atropelamentos ocorridos em todas as vias públicas, no âmbito do Estado do Piauí”, diz o Artigo 1º da nova lei.


O não cumprimento da nova norma estabelecida acarretará multa de 250 UFIR-PI (Unidade Fiscal de Referência do Estado do Piauí). Considerando que o valor da UFIR-PI é R$ 4,08, o montante a ser pago pelo infrator será de R$ 1.020,00.


Ainda de acordo com o texto da nova lei, não fica excluída a aplicação de sanções previstas no Art. 32 da Lei 9.605/1988 (Lei de Crimes Ambientais, que estipula pena de detenção – de três meses a um ano – e multa a quem praticar ato de abuso e maus-tratos a qualquer animal. Se o animal vitimado for um cão ou um gato, as penas são de 2 a 5 anos de detenção. “Para aumentar o alcance e a eficiência desta Lei, o Poder Executivo fica autorizado a implantar meios físicos e virtuais (como telefones, sites e aplicativos) para denúncias, que poderão ser feitas pelo público em geral”, consta no Artigo 5º.


O Poder Executivo poderá reverter parte dos valores arrecadados com as multas para o custeio de programas e ações de prevenção e conscientização sobre este tema, além de apoio a entidades e projetos voltados para o bem-estar animal.



Agradecemos à deputada Teresa Britto (PV), autora da Lei, por mais uma relevante proposição legislativa em benefício dos animais do Piauí.




 





Faça um gesto de amor pelos animais da Apipa


CONTA BANCÁRIA DA APIPA PARA DOAÇÕES CNPJ: 10.216.609/0001-56


Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8 Chave Pix: apipa.bbrasil@gmail.com









Ajude a Apipa - situação de emergência












Produtos APIPA® - Promoção Especial


PROMOÇÃO INCRÍVEL - CAMISAS POR R$ 45


Cadelinha Érica quer ser adotada - ajude realizar a castração.







Solidarize-se com os animais da APIPA

Solidarize-se com os cães e gatos carentes assistidos pela APIPA. O nosso centro de acolhimento está sempre superlotado, operando com o dobro de sua capacidade, sendo necessário que se faça coletas diárias de doações de ração, material de limpeza, medicamentos veterinários e jornais. Um dia de consumo de ração no abrigo equivale a 25 kg para os cães adultos e entre 12 e 15 kg para os gatos, sem contar os filhotes. Para fazer a higienização do abrigo, usamos diariamente 5 litros de desinfetante e 5 litros de detergente, além de muito saco de lixo, esponjas, vassouras e rodos. O amigo interessado em ajudar pode entregar os donativos diretamente na sede da Entidade, ou ainda, se preferir, fazer as doações em dinheiro por meio de depósitos bancários (contas abaixo). A protetora Isabel Moura, que é uma das fundadoras e membro da atual diretoria executiva da APIPA, fala um pouco sobre a importância da adoção de animais carentes e o trabalho que a Entidade desenvolve na reabilitação de cães e gatos resgatados em situação de maus-tratos e abandono (vídeo).


Devido à pandemia, as visitas ao abrigo da APIPA sofreram algumas restrições, sendo agora necessário que o visitante faça prévio agendamento por meio do Instagram.

Como ajudar a APIPA

Existem diversas formas com as quais o amigo pode participar para contribuir com o trabalho assistencial da APIPA. Um modo bem simples e rápido de ajudar é fazer as doações em dinheiro por meio de transferência/depósito bancário (contas abaixo). O amigo também pode fazer doações (online) por meio do PagSeguro. Lembrando que a nossa associação sobrevive unicamente de doações. Não deixe de oferecer a sua solidariedade em prol do bem-estar dos nossos bichinhos carentes. Ajude-nos! Ajude! APIPA pede que as doações continuem durante pandemia Pandemia: APIPA sofre com redução de 70% nas DOAÇÕES ao abrigo Faça a sua doação de ração para cães e gatos: Ajude! Falta ração para alimentar mais de 300 animais famintos CONTAS BANCÁRIAS DA APIPA (doações) CNPJ: 10.216.609/0001-56

  • Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8 Pix: apipa.bbrasil@gmail.com

  • Caixa Econômica Federal Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0 Pix: apipa.cef@gmail.com

  • Banco Santander Ag: 4326 / CC: 13000087-4


Com informações do GP1

Comentários


bottom of page